Redes Social

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

Add slider



















domingo, 21 de dezembro de 2014

Segundo a OMS, a depressão já é a doença, entre todas, que mais limita as pessoas


A Organização Mundial de Saúde previu  antes da virada do século que em 2030 a depressão seria responsável por 9,8% do total de anos de vida saudável perdidos para doenças. Mas, o número foi atingido 20 anos antes do esperado, em 2010, e não há expectativas de melhora. Segundo a OMS, a depressão já é a doença, entre todas, que mais limita as pessoas.
Kofi Annan, ex-secretário geral da ONU abriu o seminário “A crise global da depressão” promovido pela revista britânica The Economist, em Londres, com o alerta de que cerca de 400 milhões de pessoas no mundo sofrem de depressão e que a doença os torna, muitas vezes, incapacitados. O número é bem alto, 7% da população global e os custos diretos e indiretos da doença chegam a R$ 2 trilhões. “A depressão coloca um enorme peso nas famílias dos atingidos e rouba da economia a energia e o talento das pessoas. Os custos da doença devem mais que dobrar nos próximos 20 anos”, disse Annan.
Este cálculo é sustentado por um estudo do Instituto de Psicologia Clínica e Psicoterapia da Tchnishe Universitaet de Dresden, na Alemanha. Entre 2001 e 2011, dados de 30 países foram analisados para medir o tamanho das doenças mentais e seus custos. O estudo revela que, apesar de as doenças da mente ser as mais limitadoras entre todos os tipos de doenças, a depressão individualmente, é a mais incapacitante.
As pessoas com depressão perder, em média, oito dias de trabalho por mês. O mal atinge  em maior parte as mulheres em seu período fértil e mais produtivo. Além disso, é uma doença familiar. Há implicações de transmissão de comportamento depressivo especialmente para filhos e isto pode acontecer, inclusive, durante a gestação.

sábado, 20 de dezembro de 2014

Cientistas descobrem anticorpo que neutraliza vírus da dengue



Cientistas do Imperial College London, na Grã-Bretanha, descobriram uma nova classe de anticorpos capazes de neutralizar os quatro tipos de vírus da dengue.
A descoberta, publicada nesta segunda-feira, 15, na revista britânica Nature Immunology, pode auxiliar no desenvolvimento de tratamentos eficazes contra a doença, incluindo uma futura vacina universal.
O novo tipo de anticorpo, descoberto em humanos, também é capaz de neutralizar o estado inicial do vírus presente no mosquito Aedes Aegypti, que transmite a dengue.
Estima-se que a dengue infecta 400 milhões de pessoas por ano, especialmente nas regiões tropicais e subtropicais. Um grande problema é que quando uma pessoa é infectada por um dos quatro tipos de dengue fica imune a esse vírus, mas não aos demais.
O diretor da pesquisa, Gavin Screaton, disse que não acredita que a dengue possa ser controlada até que uma vacina seja desenvolvida, ressaltando ainda que isso poderia levar uma quantidade de tempo “considerável”, uma vez que será necessário produzi-la e testá-la primeiro em modelos não humanos.

Stent: retirando coágulos que bloqueiam vasos sanguíneos

Depois de três décadas, pesquisadores acharam um tratamento que melhora o prognóstico para pessoas que tiveram os piores tipos de derrame. Ao remover diretamente grandes coágulos de sangue que bloqueiam os vasos sanguíneos no cérebro, eles podem salvar o tecido cerebral que de outra forma morreria, permitindo que muitos voltem a ter uma vida independente.
Conduzido por pesquisadores na Holanda, o estudo foi publicado online, na última quarta-feira, 17, no New England Journal of Medicine.  Os pesquisadores suspeitam que uma das razões para o sucesso do tratamento é o uso de um novo tipo de “armadilha” para pegar os coágulos. O stent, que é basicamente uma gaiola de arame pequena que fica na extremidade de um cateter, é inserido na virilha e introduzido até uma artéria do cérebro. Quando a ponta do cateter atinge o coágulo, o stent é aberto e empurrado para dentro do coágulo, o que permite que o médico retire o cateter e o stent com o coágulo junto.
Cerca de 630 mil americanos têm derrames a cada ano, ocasionados por coágulos que bloqueiam os vasos sanguíneos do cérebro. De um terço a metade dos casos, o coágulo se encontra em um vaso sanguíneo grande, o que potencializa as sequelas. O remédio tPA funciona para os casos de coágulos menores, que são dissolvidos pela droga. Até agora nenhum tratamento tinha funcionado para quem tinha coágulos grandes.
O novo estudo foi feito com 500 pacientes que tiveram derrames. Um a cada cinco que usaram apenas o tPA se recuperaram o suficiente para voltar a ter uma vida independente. Mas um a cada três casos que também tiveram o coágulo removido diretamente foram capazes de voltar a ter uma vida independente logo depois do derrame.


sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Ministério Publico do Trabalho abre novo concurso para procuradores

Saiu no Diário Oficial da União, desta quinta-feira (18), um novo edital do Ministério Público do Trabalho que oferece nove vagas para procuradores. Os aprovados serão lotados no Distrito Federal, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.
Interessados em concorrer podem se inscrever pelo site http://www.mpt.gov.br/concurso, entre os dias 2 de fevereiro e 12 de março. A taxa custa R$ 220. Dez por cento das vagas são para deficientes.
As provas objetivas serão aplicadas em 17 de maio. Haverá ainda provas subjetiva e prática (23), e provas oral (24 a 27/11). O resultado final está previsto para ser divulgado no dia 5 de fevereiro de 2016. O salário do cargo não foi divulgado no edital de abertura do certame.
Fonte-dp

domingo, 14 de dezembro de 2014

Reze todos os dias esta Oração!
Rogue a Deus pelos dons do Espírito Santo



Oração para pedir os Dons do Espírito Santo

Ó Espírito Santo, renovai-nos com os Vossos dons.

Para que possamos ser dirigidos por Vós, no louvor das coisas de Deus,
dai-nos o dom da Sabedoria.

Para que penetremos nas profundezas da Vossa Santa doutrina,
dai-nos o dom do Entendimento.

Para que sejamos iluminados e guiados em nossas decisões,
dai-nos o dom do Conselho.

Para que encontremos força constante nas dificuldades da prática da virtude, e na luta contra as forças do mal, dai-nos o dom da Fortaleza.

Para que conheçamos os caminhos e as ações de Deus na nossa vida,
dai-nos o dom de Ciência.

Para que sempre nos dirijamos a Deus, por meio da Santíssima Virgem, com confiança filial,
dai-nos o dom da Piedade.

Para que vençamos o mal, lutando contra os maus e fazendo o bem,
dai-nos o dom do Temor de Deus.

Ó Espírito Santo, concedei-nos, com o Vosso auxílio, dar glória a Deus, agora e  sempre, por todos os séculos dos séculos.
 Amém.

sábado, 13 de dezembro de 2014

Dilma inaugura estaleiro na Base Naval da Marinha em Itaguaí (RJ)



A presidenta Dilma Rousseff inaugurou, em Itaguaí (RJ), o prédio principal do estaleiro de construção de submarinos, que integra o Complexo de Estaleiro e Base Naval da Marinha do Brasil.
O edifício é considerado a mais importante instalação do Complexo e abrigará recursos técnicos e industriais que permitirão a conclusão da fabricação de cinco submarinos, incluindo o primeiro submarino com propulsão nuclear brasileiro.
A presidenta destacou em discurso no encerramento da cerimônia de entrega do estaleiro a importância de modernizar e equipar a marinha para garantir a soberania do País e para a proteção de "patrimônio muito valioso" mantido pelo Brasil como o pré-sal e a Amazônia.
"O Brasil é um País pacífico e assim continuará. Isso no entanto não significa descuidar da nossa defesa", afirmou.
Toda a obra do Complexo de Estaleiro e Base Naval ficará pronta em 2021, quando os quatro submarinos convencionais do Estaleiro de Construção estarão prontos.
Até lá, estão previstos nove mil empregos diretos e 32 mil indiretos, com a participação de 600 empresas nacionais, promovendo a geração de emprego na região de Itaguaí.
Foram investidos cerca de R$ 9 bilhões na construção do complexo, que faz parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

Prosub

O Prosub é fruto da uma parceria firmada entre o Brasil e a França no ano de 2008 e prevê a construção do primeiro submarino brasileiro movido a energia nuclear, além de outros quatro submarinos de propulsão convencional (diesel-elétricos).
O acordo assegura a transferência de toda a tecnologia necessária para que o Brasil tenha capacidade de projetar novos submarinos de propulsão convencional e nuclear.
Na construção e projeto dos submarinos convencionais e com propulsão nuclear serão cerca de 5.6 mil empregos diretos e 14 mil indiretos.
A previsão é que a construção do submarino nuclear brasileiro seja iniciada em 2017, com lançamento estimado para o ano de 2025.
"Em um futuro cada vez mais próximo, a força naval brasileira poderá escrever mais um feito para sua história, ter contribuído decisivamente para que o nosso País integre o seleto grupo de cinco países integrantes do conselho de segurança das Nações Unidas que dominam a tecnologia de construção de submarinos com propulsão nuclear", afirmou Dilma.

Dilma defende o fortalecimento das Forças Armadas



Dois dias depois de receber o relatório da Comissão Nacional da Verdade (CNV) que apurou violações cometidas pelo regime militar, a presidente Dilma Roussef defendeu o fortalecimento das Forças Armadas em evento com militares no Rio de Janeiro.
Dilma participou na sexta-feira, 12, da inauguração do prédio principal de um estaleiro de construção de submarinos, que faz parte do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub). Ela foi recebida cordialmente pelos militares e aplaudida de pé pelo menos duas vezes.
“O Brasil é um país pacífico e assim continuará. Isso, no entanto, não significa descuidar de nossa defesa ou abdicar de nossa capacidade de dissuasão”, disse a presidente, tendo a seu lado o ministro da Defesa, Celso Amorim, e os comandantes dos três organizações militares: Marinha, Exército e Aeronáutica.
“Nossa capacidade de ampliar (a defesa) será tanto maior quanto mais bem equipadas estiverem nossas Forças Armadas e mais fortes nossa indústria da defesa. Temos um patrimônio muito valioso para proteger.”
Acompanhada pelo Governador do Rio de janeiro, Luiz Fernando Pezão, e pelo diretor-presidente da Odebrecht, Marcelo Odebrecht, Dilma ressaltou que a modernização das Forças Armadas faz parte de um “necessário e estratégico processo.”
Ela disse que a indústria de defesa deve ser um vetor de expansão econômica.
“Um segundo objetivo estratégico para os investimentos que estamos realizando aqui é fazer de nossa indústria da defesa um vetor de inovação e de expansão da indústria do nosso país”.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Saúde Mental Escolar: 13% dos alunos sofrem de transtornos psiquiátricos



O Estudo Epidemiológico sobre a Saúde Mental Escolar do brasileiro indicou que 13% dos alunos de escolas públicas pesquisadas, com idades entre 6 a 16 anos, sofrem de transtornos psiquiátricos. Ao todo, foram contatados 1,7 mil alunos de quatro regiões brasileiras, e os dados mostram que apenas 19,3% desses estudantes com transtornos psiquiátricos receberam alguma forma de tratamento no último ano.
Ainda segundo o estudo, os transtornos disruptivos – Transtorno Desafiador e de Oposição, Transtorno de Conduta, e Transtorno de Hiperatividade e Déficit de Atenção (TDAH) – foram diagnosticados em 5,8% dos pesquisados, sendo 4,5% só de TDAH. A prevalência de alguma deficiência física foi registrada em 37,3%, em que delas 13,4% são deficiência visual, e 5,4% deficiência auditiva.
Inicialmente, o projeto foi apresentado às Secretarias de Educação e Saúde dos Municípios escolhidos por sorteia e as escolas participantes. Psicólogos foram treinados para entrevistar as famílias, e a coleta de dados foi finalizada em dezembro de 2012. Os pesquisadores atuaram nos Municípios de Caeté (MG); Goiânia (GO); Itaitinga (CE); e Rio Preto da Eva, (AM). Em cada um deles, 450 estudantes foram entrevistados.
De acordo com os resultados, há necessidade de uma reformulação de políticas públicas no setor com ênfase para a prevenção e a identificação precoce dos transtornos. Também ações voltadas para o combate ao estigma, que garantam a esses estudantes a possam atingir um desenvolvimento físico e emocional compatível com suas potencialidades.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

A `Menor Bíblia do Mundo´

      Na última terça-feira, 09/12, a empresa "Jerusalem Nano Bible" divulgou que a sua edição (em tamanho nano) do Novo Testamento entrou para o livro dos recordes ("Guiness Book"), como a "Menor Bíblia do Mundo".
A empresa informou que desenvolveu um chip quadrado, com tamanho abaixo de 5 milímetros, contendo a versão original do Novo Testamento, em grego.
O pequeno chip de 4,76 milímetros em cada lado pode ser usado em relógios ou até pingentes, apresentando "grande versatilidade" na indústria das joias, segundo informou o jornal "Jerusalem Post".
O conteúdo do chip foi conferido por um especialista, que constatou que os 27 livros estão, de fato, contidos no dispositivo.
Segundo o diretor de Marketing da companhia, a ideia é desenvolver ainda mais a versatilidade e portabilidade da Bíblia. 
      "O nosso objectivo é ser capaz de produzi-lo em massa e atender a todos os bolsos realmente", disse David Almog, diretor de marketing e vendas departamento da empresa.
"Como esse aplicativo, a menor Bíblia do mundo, Jerusalém Nano Bíblia, pode ser aplicada a infinitas possibilidades na indústria de jóias".
A companhia também planeja desenvolver um formato semelhante para o Velho Testamento. 

Fonte-cpadnews

MPPE: Flanelinhas são tema de audiência

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) realizou na última quarta-feira, às 9h, audiência pública sobre irregularidades praticadas por flanelinhas no Recife. A prefeitura pretende firmar parceria com as polícias civil e militar para cadastrá-los e contribuir com as investigações. Na última audiência, não houve acordo entre a Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e a Polícia Militar (PM).
Para tentar por fim às irregularidades em áreas destinadas a estacionamentos públicos no Recife, a prefeitura pretende fazer o cadastramento e monitoramento dos flanelinhas. O secretário de Mobilidade e Controle Urbano, João Braga, afirmou que os guardadores envolvidos em crimes de extorsão serão retirados das ruas.
A proposta, que pode ser implementada em 2015, deve ser apresentada nesta audiência por exigência do MPPE. A reunião foi convocada após a CTTU e PM não chegarem a um acordo sobre a responsabilidade de cada órgão no combate às irregularidades nas ruas do Recife. No primeiro encontro, em 3 de novembro, a presidente da CTTU, Taciana Ferreira, afirmou que a fiscalização não cabe aos guardas de trânsito. Já a PM, alegou que só pode atuar quando há flagrante de extorsão.
Desta vez, além dos órgãos, a promotora de Defesa da Cidadania da Capital, Áurea Roseane Vieira, convocou representantes da Polícia Civil, do BPTran, e os secretários João Braga e Murilo Cavalcanti, de Segurança Urbana.
O MPPE e a Polícia Civil investigam denúncias de supostos esquemas entre flanelinhas e guardas em áreas de Zona Azul. Um mapeamento, produzido ao longo dos últimos três anos, apontou ruas do Centro onde as irregularidades estariam sendo praticadas. Apesar disso, a Corregedoria da Guarda Municipal encaminhou ofício ao MPPE informando que não está apurando nenhum caso.
Na Rua Gervásio Pires e na Avenida Martins de Barros veículos estacionados em área de Zona Azul, sem uso do talão, não seriam multados pelos guardas da CTTU - desde que negociassem pagamento aos flanelinhas.
Segundo Braga, o assunto está em discussão com as polícias Civil e Militar e a Guarda Municipal para que esses órgãos deem apoio nas investigações e possam coibir as práticas criminosas. “Temos que separar os flanelinhas daqueles que são aventureiros e querem extorquir. É preciso regras na cidade”, disse.
Comandante do 16º Batalhão da PM, tenente-coronel Jailton Pereira afirmou que cadastros com flanelinhas já são realizados em algumas ruas do centro, quando há eventos, como corridas aos domingos, por exemplo. “Fizemos isso depois que alguns carros foram arrombados. Chamamos os guardadores para saber quem estará trabalhando naquele dia e dizemos que vamos responsabilizá-los caso aconteçam problemas”, explicou o oficial.
Pereira destacou ainda que, na audiência do MPPE, é preciso discutir a necessidade de os guardadores apresentarem identificação de que trabalham em determinadas áreas, pois isso facilitará a fiscalização. Outra questão, segundo ele, é a necessidade de apoio da população. “As pessoas denunciam, mas não querem ir à delegacia prestar depoimento. Assim, a investigação não é possível.”
Já a CTTU estuda a possibilidade de acabar com o Zona Azul no formato de papel, evitando que o flanelinha inflacione o valor, que hoje custa R$ 1.
Essa não é a primeira vez que o Recife tenta cadastrar flanelinhas. Em 1996, o então secretário de Segurança Pública do estado, Antônio Morais, anunciou a medida. Em 2011, na gestão do prefeito João da Costa, foi anunciado cadastro e até a ideia de terceirizar o gerenciamento da Zona Azul. Em ambos os casos, os levantamentos não avançaram.
Fonte-DP
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA