Redes Social

twitterfacebookgoogle pluslinkedinrss feedemail

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Governo desiste de recriar a CPMF

Diante de reações negativas, a presidente Dilma Rousseff desistiu neste sábado (29) de propor a recriação da CPMF, o chamado imposto do cheque, para cobrir um rombo de R$ 80 bilhões no Orçamento da União de 2016.
 A decisão foi tomada durante reunião neste sábado (29) à tarde da presidente com os ministros Aloizio Mercadante (Casa Civil) e Nelson Barbosa (Planejamento). Durante a reunião, a avaliação feita é que a reação contrária à ideia, principalmente de aliados e empresários, foi muito forte e inviabilizou sua aprovação neste ano. 
Agora, o governo pretende fazer uma discussão de médio e longo prazos sobre o financiamento da saúde. Nestas discussões, a ideia de recriar a CPMF pode ser levantada novamente. PRESSÃO Além de aliados como o vice-presidente Michel Temer (PMDB), políticos e empresários, a presidente Dilma Rousseff foi pressionada também por assessores diretos a desistir de propor a volta da CPMF, o imposto do cheque, que a equipe econômica pretendia apresentar ao Congresso na próxima segunda-feira (31). 
  O argumento da área econômica foi o de que a recriação do tributo era o melhor caminho para o governo fechar o Orçamento de 2016 e tapar um buraco de R$ 80 bilhões causado pela continuação da queda da receita federal em 2016. Folha Pressip

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Aumento do desemprego nas capitais é maior

A taxa de desemprego está aumentando de forma mais rápida nas áreas metropolitanas do que em outras regiões do país, segundo dados da Pesquisa Mensal de Amostras por Domicílio (Pnad) e da Pesquisa Mensal de Emprego (PME).
A Pnad Contínua, divulgada pela IBGE, revelou que a taxa de desocupação aumentou de 7,9% no primeiro trimestre para 8,3% no segundo trimestre deste ano. O desemprego medido pela PME cresceu de 6,9% para 7,5% entre junho e julho.

Fonte-opiniao

Na queda de braço entre Polícia e governo, pior para a população

De um lado, parte da Polícia Civil, representada pelos sindicatos da categoria, reivindicando melhores salários e condições de trabalho. Do outro, o governo do Estado, acossado pela crise que sacode o País e sem poder responder aos pleitos dos policiais. O resultado da queda de braço é o aumento da criminalidade e a perda de capacidade de resolução de crimes, tendo como maior prejudicado o motivo primeiro da existência do aparelho estatal: o cidadão.
Nos últimos dois meses, o governo ficou longe da meta traçada contra os homicídios. A projeção de julho era não ultrapassar 226 assassinatos, mas ficou em 297. Para agosto, 220. Mas até o dia 25 já eram contabilizadas 260 mortes. Alguns homicídios, como os de maior repercussão, têm resolução rápida. Outros, em meio ao turbilhão que passa a categoria, se arrastam para ser esclarecidos.
Há dois meses, parte dos agentes, escrivães e delegados de polícia decidiram, como forma de protesto, não mais participar do Programa de Jornada Extra e Serviço (PJES). Muitos também começaram uma operação padrão que termina atrasando os procedimentos nas delegacias.
Com isso, a Polícia Civil – que já tinha um déficit de 50% no efetivo – passou a ter ainda menos poder de fogo na hora de elucidar crimes. A Força Tarefa do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), responsável pela primeira apuração dos assassinatos, perdeu duas equipes no último ano. “Durante a semana, eram três equipes nas ruas, agora existe apenas uma, e com número reduzido de integrantes”, conta, em reserva, um delegado. Apenas no mês de julho deste ano, a identificação da autoria dos homicídios no Estado caiu em 58%, comparada com o mesmo mês de 2014.

Fonte-jc

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Brasil tem 204.450.649 de habitantes

Dados do IBGE publicados nesta sexta-feira, 28/08, no Diário Oficial da União revelam que a população brasileira chegou a 204.450.649.
De acordo com o IBGE, o estado de São Paulo é o mais populoso do país, com 44,4 milhões de habitantes, e Roraima é o menos populoso, com 505,6 mil pessoas. As estimativas do IBGE são referentes ao dia 1º de julho deste ano.
Outros cinco estados brasileiros têm mais de 10 milhões de habitantes. São eles: Minas Gerais, com 20,86 milhões, Rio de Janeiro, com 16,55 milhões, Bahia, com 15,2 milhões, Rio Grande do Sul, com 11,24 milhões, e Paraná, com 11,16 milhões.
A ONU afirmou recentemente que a população brasileira encolherá até 2100. A expectativa da organização é de que em 85 anos o número de habitantes no país será inferior ao registrado atualmente.

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Católico, porque você está no mundo? Se demorou para responder, leia este artigo! (Parte I)

Há muitos católicos que nem sequer sabem por que estão no mundo…
“Por que foi, ó meu Deus, que me pusestes no mundo? — Para te salvar. — E por que me quereis salvar? — Porque te amo”.
O bom Deus nos criou e pôs no mundo porque nos ama; quer salvar-nos porque nos ama… Para nos salvarmos é preciso conhecermos, amarmos e servirmos a Deus.
Ó bela vida!… Como é belo, como é grande conhecer, amar e servir a Deus! Só isto temos que fazer neste mundo. Tudo o que fizermos fora disso é tempo perdido.
É preciso só agir por Deus, por as nossas obras nas Suas Mãos…
Devemos dizer ao acordar: “Queria trabalhar hoje por vós, ó meu Deus! Submeter-me-ei, a tudo vindo de Vós, a tudo o que Me enviardes. Ofereço-vos em sacrifício. Mas, meu Deus, eu nada posso sem Vós; ajudai-me!”
Oh! Como no momento da morte havemos de lamentar o tempo que tivermos dado aos prazeres, às conversas inúteis, ao repouso em vez de o termos empregado na mortificação, na oração, nas boas obras, em pensar na nossa pobre miséria, em chorar os nossos pobres pecados!
É então que vemos que nada fizemos para o Céu.
Ó meus filhos, como é triste!
Três quartas partes dos cristãos só trabalham para satisfazer este cadáver que vai dentro em breve apodrecer na terra, ao passo que não pensam na sua pobre alma, que deve ser eternamente feliz ou desgraçada.
São falhos de espírito e de bom senso: isto faz tremer!
Eis aí, pois, esse homem que se atormenta, que se agita, que faz barulho, que quer dominar sobre tudo, que se julga alguma coisa, que parece querer dizer ao sol: “Sai daí: deixa-me iluminar o mundo em teu lugar!”.
Um dia, esse homem orgulhoso será reduzido quando muito a uma pitada de cinza que será arrastada de riacho em riacho, de Saône em Saône, até ao mar.
Vede, meus filhos, eu penso muitas vezes que nós nos parecemos com esses montinhos de areia que o vento junta no caminho, que volteiam um momentinho e se desfazem imediatamente depois… Nós temos irmãos e irmãs que morreram.
Pois bem! Eles estão reduzidos a esse punhadinho de cinza de que falo.
As pessoas do mundo dizem que é muito difícil fazer a própria salvação. Entretanto, não há nada mais fácil:
Observar os mandamentos de Deus e da Igreja, e evitar os sete pecados capitais; ou então, se quiserdes, fazer o bem e evitar o mal; é só isso. 
(Continua…)

Ciência: nova estratégia para terapias contra o câncer”

Uma descoberta anunciada ontem pode abrir caminho para novas terapias capazes de reverter as células cancerígenas em pessoas saudáveis. Segundo Panos Anastasiadis, diretor de Biologia do Câncer da Clínica Mayo, na Florida, e um dos autores do estudo, esta descoberta representa “uma nova biologia que fornece o código, o software para ‘desligar’ o câncer”.
O “software” em questão foi revelado pela descoberta que proteínas de adesão, uma espécie de cola que mantém as células unidas, e interagem com o microRNA (miRNA), que desempenha papel fundamental na produção de moléculas.
A pesquisa, que foi publicada na revista acadêmica Nature Cell Biology, mostra que quando células normais entram em contato umas com as outras, o miRNA suprime os genes que promovem o crescimento celular. Entretanto, quando a adesão acontece entre células cancerígenas, o miRNA fica desregulado e a multiplicação das células, fora de controle. Em experimentos em laboratório, o restabelecimento do nível normal do miRNA em células cancerígenas foi capaz de reverter a sua multiplicação.
“O estudo revela uma nova estratégia para terapias contra o câncer”, afirmou Antonis Kourtidis, líder do estudo.
Entretanto, ainda é cedo para se pensar em uma nova terapia. Para o oncologista Celso Rotstein, consultor médico da Fundação do Câncer, a descoberta “aprofunda o conhecimento sobre os mecanismos que fazem a célula cancerígena se reproduzirem sem controle”.
“Mas para transformar esse achado em um medicamento, o passo pode ser muito distante. Não é algo que possa ser considerado todas as vezes que você aprende mais sobre o mecanismo”, avalia Rotstein.
De acordo com o Rotstein, a ciência está passando por um período de rápido aprofundamento do conhecimento sobre o fenômeno oncogênico, sobre o surgimento dos tumores, e novas formas de combate à doença estão surgindo, como as imunoterapias e os medicamentos alvos moleculares.
“O problema é que a célula neoplásica é extremamente instável. Isso significa que ela vai se tornando resistente aos tratamentos”, diz Rotstein.

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Dilma decide pagar 50% do 13º salário de aposentados em setembro



O governo da petista Dilma Rousseff decidiu pagar o adiantamento de metade do 13º dos aposentados e pensionistas da Previdência junto com os benefícios de setembro, creditados na conta bancária a partir do dia 24 do próximo mês.
A decisão foi tomada na noite desta segunda-feira (24), na ausência do ministro Joaquim Levy, que pediu licença de três dias e está em Nova York, e anunciada pelo Palácio do Planalto. Até o último sábado (22), ainda prevalecia o cronograma do Ministério da Fazenda de fazer o pagamento da antecipação em duas etapas: 25% em setembro e os outros 25% em outubro.
Há nove anos, o adiantamento de metade do benefício é pago entre o final de agosto e início de setembro. Neste ano, alegando falta de recursos em caixa, o Ministério da Fazenda não garantiu o acerto na data prevista. O objetivo da equipe de Levy  era pagar a conta somente em dezembro, quando a segunda metade do 13º salário é normalmente depositada.
Para convencer o Palácio do Planalto, a Fazenda argumentou que a medida não era obrigatória. Ministros políticos e o próprio PT pressionaram a presidente Dilma Rousseff a não encampar a proposta de Levy devido ao desgaste político que a decisão provocaria. Nas últimas semanas, as áreas técnicas dos ministérios da Fazenda, do Planejamento e da Previdência buscaram uma saída para o impasse.
Em entrevista no sábado, Levy afirmou que as despesas estão sendo administradas com "muito cuidado", porque as receitas têm sido afetadas por "vários fatores". "Mas o problema já está equacionado, até por conta da evolução de algumas ações que devem trazer resultados no quarto trimestre. Vamos pagar a primeira parcela agora em setembro", afirmou Levy. Com a aprovação do projeto de reoneração da folha de pagamento das empresas e com a entrada de recursos adicionais de concessões públicas, o governo ganhou fôlego para arcar com a antecipação.
O pagamento antecipado de metade do 13º começou em 2006, após acordo firmado entre governo e entidades representativas de aposentados e pensionistas. De acordo com a Previdência, esse acordo tinha validade só até 2010. Mas o Planalto optou por continuar antecipando os recursos, como uma forma de ajudar a manter a economia aquecida. Apesar dos problemas para pagar a antecipação dos aposentados do INSS, o governo garantiu o pagamento em dia do mesmo benefício para os seus servidores, incluindo os aposentados. Em junho, a União teve uma despesa de R$ 5,7 bilhões com o adiantamento de metade do 13º dos funcionários públicos civis e militares. O próprio ministro Levy e a presidente Dilma receberam a antecipação de R$ 15.467,35.

O LUGAR MAIS ESCONDIDO E MARAVILHOSO DO MUNDO



Se você estiver procurando um lugar de tirar o fôlego, o lugar certo é Lauterbrunnen, pequena cidade dos Alpes suíços. Patrimônio da Unesco desde 2001, Lauterbrunnen oferece passeios turísticos durante todo ano, como caminhadas, passeios, hotéis, esquis e tobogãs independente da época do ano.






Facebook: novo golpe tenta roubar senhas dos usuários



Um novo golpe tentar roubar as senhas dos usuários do Facebook. O alerta foi emitido pela empresa de segurança ESET. De acordo com o comunicado, para atrair as pessoas, os cibercriminosos utilizam vídeos de falsos sites no Facebook. Ao clicar sobre a publicação, a vítima acessa um link encurtado e é direcionada para uma página falsa.
O golpe utiliza cinco falsos sites, com mais de 30 tipos de vídeos. A técnica utilizada ajuda a ampliar o número de potenciais vítimas do ataque.
Uma vez que o vídeo é selecionado pelo usuário, a pessoa é direcionada para uma página, na qual é solicitado o compartilhamento do conteúdo na linha do tempo de seus amigos. Ao confirmar a opção, outra janela se abre e uma nova autenticação na rede social é requerida. No entanto, trata-se de um domínio totalmente diferente, que, na verdade, é uma página falsa onde o cibercriminoso rouba as credenciais da conta do usuário.
Segundo Camilo Di Jorge, gerente geral da ESET no Brasil, os hackers utilizam golpes de engenharia social para enganar os usuários desavisados. "Recomendamos sempre verificar a URL para se certificar que está logado na página correta e seguir as orientações de segurança ao navegar nas redes sociais”, orienta.
Fonte-olhardigital

Aprovado Projeto de Lei que permite o bloqueio de consignados para aposentados



A Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal (CAS) aprovou neste mês o texto que permite o bloqueio de empréstimos consignados por parte do aposentado. O projeto dará ao beneficiário do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) a possibilidade de bloquear seu cadastro junto ao INSS, impedindo assim a contratação de novos empréstimos.
A medida tem como objetivo proteger os aposentados contra fraudes. Contudo, os descontos de empréstimos contratados anteriormente continuam autorizados. Segundo informações da advogada Tabatha Barbosa, da ANSP (Associação Nacional de Seguridade e Previdência) a iniciativa consiste na criação de um mecanismo que visa proteger aposentados e pensionistas de descontos indevidos, garantindo a eles o direito de impedir operações deste tipo. A medida é positiva por proteger quem conta com aposentadoria ou pensão pelo Regime Geral.
“Muitos aposentados são surpreendidos por cobranças por empréstimos que nunca foram contratados. Até agora para eles suspenderem qualquer desconto indevido, teriam que apresentar a declaração de inexistência do ato jurídico e mediante a devolução dos valores debitados. Se aprovado, o texto protegerá os aposentados e pensionistas dessas práticas criminosas”, comenta a advogada.
 
BLOG DO ANDRÉ CAFÉ
SÓ JESUS SALVA